Hype Games

Entre ou
Registre-se

Um clássico romance ao estilo de Romeu e Julieta

Félix trabalha no Ministério da Morte e é apaixonado pela Donzela Betty, que trabalha no Ministério da Vida. Ele acredita que, atuando como caçador de almas no mundo humano, um dia poderá conhecer Betty, então ele aceita o trabalho de garantir que as pessoas morram, e até aprende a dançar por conta própria, para impressionar o amor de sua v... morte.

Como Félix só anda nas sombras, ele precisa se deslocar cuidadosamente nesse estranho mundo. Felizmente, caçadores de almas como Félix podem mover o sol e deslocar as sombras, criando os caminhos de que precisam para navegar pela terra dos vivos. E para quê? Para resolver puzzles e garantir que as pessoas morram conforme os planos do Ministério.

Cada nível desbloqueia uma versão hardcore de si mesmo, só para os funcionários mais dedicados do Ministério. E aqueles que forem mais habilidosos ainda podem coletar crânios de conquistas que desbloqueiam novos desafios contra o relógio.

DESTAQUES

Desafie sua mente em puzzles com mecânicas criativas

Mergulhe em um belíssimo mundo cheio de histórias brutalmente doces

Escolha suas canções favoritas entre mais de dez artistas indie no Walkman de Félix

Colecione crânios de conquistas que desbloqueiam desafios contra o relógio

Acompanhe a evolução de Félix na dança com passos criados por dançarinos profissionais!

POR TRÁS DO JOGO

Felix The Reaper surgiu de uma fascinação pela abrangente, bem-humorada e grotesca história da arte da Morte. Muito temas surgiram com a identidade cultural da Morte, incluindo A Dança da Morte (ou Danse Macabre) e A Morte e a Donzela. Nós meio que mesclamos esses dois temas em Felix The Reaper.

Para o personagem em si e o mundo ao seu redor, a inspiração foi mais variada: nós buscamos referências no antigo programa de TV The Twilight Zone, em pintores medievais como Bruegel e Bosch e nos personagens dos desenhos Hora de Aventura e de Hayao Miyazaki.

Outra inspiração importante para Felix The Reaper foram os incríveis colaboradores artísticos na produção. Nós trabalhamos com dançarinos, uma longa lista de artistas da música e estudiosos de história.

A DANÇA

Vários dançarinos contribuíram para a produção do jogo, e eventualmente Gunilla Lind e Raphaël Ferdinand Eder-Kastling improvisaram os passos finais que foram incluídos no jogo.

Veja Gunilla fazendo um passo de dança para Félix:

E agora, Raphael fazendo outro passo:

MÚSICA

É óbvio que um jogo com um protagonista dançarino precisa de ótima música. Afinal, ele precisa de um bom motivo para dançar! Nós projetamos o jogo de modo a permitir que os artistas da música fossem eles mesmos. Nós queríamos que eles trouxessem algo ao jogo através de sua expressão artística pessoal, em vez de pedir a eles que fizessem o que nós tínhamos em mente. Isso resultou em uma combinação estranha e variada de músicas. Porém, como o jogo é no estilo puzzle não estressante, você realmente tem tempo para apreciar e desfrutar de toda essa excentricidade enquanto joga.

A HISTÓRIA DA ARTE

A ideia do jogo em si veio da história da arte. Começamos tendo como base a Danse Macabre e A Morte e a Donzela, e depois nos perguntamos: como podemos criar um jogo sobre isso? Eventualmente, e ao longo de muitos protótipos diferentes, chegamos a este resultado.

Ao longo da produção, um estudioso de história aprofundou-se na história da arte da Morte ao longo de mais de dez séculos para um manuscrito de livro no qual está trabalhando, e sempre que identificava algo interessante, ele nos contava, e nós tentávamos encaixar aquilo no jogo caso fosse adequado. Há cinco artigos diferentes escritos pelo historiador Søren Hein Rasmussen no jogo, e você pode desbloqueá-los enquanto progride.

Felix The Reaper

R$36,99

Aviso!

This handout will help you understand how paragraphs are formed, how to develop stronger paragraphs, and how to completely and clearly express your ideas.